Pisos aquecidos são tendência para o inverno

pisos aquecidos
Arquitetura, Reforma, Revestimentos 28 de junho de 2019

Pisos aquecidos são tendência para o inverno

Com a chegada do inverno, muitas pessoas buscam alternativas para deixar a casa mais aquecida na estação mais fria do ano. Se antes os aparelhos de ar-condicionado e aquecedores faziam sucesso, hoje a grande tendência para garantir conforto térmico é a utilização de pisos aquecidos nos ambientes internos da casa.  

Cada vez mais presente nos lares brasileiros, o sistema de piso aquecido trata-se de uma solução completa de calefação que deixa o ambiente mais agradável em dias de baixas temperaturas. Isso porque os pisos aquecidos dissipam calor para todo o ambiente, sendo que a sensação de aquecimento do chão é apenas uma consequência do funcionamento do sistema. 

Neste artigo, elencamos as principais informações que você precisa saber sobre pisos aquecidos para que você decida se a vale instalar o sistema em sua casa. Acompanhe!

Como funciona o sistema de pisos aquecidos?

O processo de funcionamento do piso aquecido é bastante simples: o sistema trabalha com o aquecimento do ambiente, fazendo com que o ar quente, que é menos denso, suba e o ar frio desça. De maneira prática, podemos comparar com o vapor do chuveiro que sobe enquanto tomamos banho no inverno.

Existem dois tipos de pisos aquecidos: os hidráulicos e os elétricos. Entenda como cada um funciona!

Pisos hidráulicos: nesse sistema, o aquecimento acontece através de uma tubulação com água aquecida a gás, que passa embaixo do concreto. Geralmente, são utilizados em imóveis com área superior a 400m², já que demandam maior consumo de energia para funcionar.

Pisos elétricos: o sistema utiliza resistências elétricas em forma de serpentina ou através de mantas de aquecimento, que são instaladas sob o concreto para aquecer o ambiente. É o tipo mais comum, apresentando maior economia e menor interferência construtiva.

pisos aquecidos

Por que utilizar?

O piso aquecido proporciona diversas vantagens, além de garantir um excelente custo-benefício se bem aproveitado. Confira os principais benefícios!

Maior qualidade de vida

Aparelhos de ar-condicionado ou aquecedores podem ressecar o ar, trazendo malefícios para a qualidade de vida dos moradores, principalmente para aqueles que sofrem com doenças alérgicas ou respiratórias. Por outro lado, os pisos aquecidos mantêm a umidade do ar constante, sem causar ruídos, ressecamento ou queima de oxigênio, como acontece com os aquecedores.

Controle de temperatura

O sistema garante controle de temperatura para cada ambiente que conta com pisos aquecidos. Isso é possível graças ao uso de um termostato, que permite a regulagem de temperatura de acordo com a necessidade do morador. Geralmente, a temperatura máxima alcança os 30º C. Além disso, é possível programar o tempo em que o sistema ficará ligado.

Segurança

O sistema é totalmente seguro, sendo imune a choques e qualquer outro tipo de problema elétrico. Os pisos, inclusive, podem ser instalados em áreas úmidas, como box de chuveiros, saunas ou bordas de piscina.

Baixa manutenção

Os pisos aquecidos praticamente dispensam manutenção. O único cuidado é com as trocas que precisam ser feitas. No sistema hidráulico, é preciso trocar a água usada para aquecimento a cada três anos. Já nos sistemas elétricos, é necessário trocar o termostato a cada dois anos.

Onde utilizar?

A instalação de pisos aquecidos pode ser realizada em qualquer ambiente interno. A recomendação é optar pelo sistema durante o planejamento de construção da obra ou se você pretende fazer uma grande reforma no imóvel.

Se a casa já está construída e o morador desejar apenas colocar pisos aquecidos, cabe avaliar o custo-benefício final, já que nesses casos, é necessário quebrar a maior parte dos pisos já instalados.

Apesar disso, a instalação costuma durar apenas alguns dias e o sistema é compatível com qualquer tipo de revestimento. A instalação em pisos frios, como mármore, granito, porcelanato e cerâmica é ainda mais vantajosa, já que esses materiais transmitem melhor o calor de baixo para cima, o que contribui para um aquecimento mais rápido e efetivo do ambiente.

Contudo, é importante se atentar às características dos pisos de sua casa. No caso do porcelanato, por exemplo, é importante verificar se a cola do material é resistente a temperaturas mais altas. Se o piso for de madeira, deve-se observar se ela pode sofrer aquecimento.

Por isso, é importante verificar todos os aspectos técnicos com o fabricante do produto, a fim de garantir um projeto eficiente e que não te traga dores de cabeça no futuro.

pisos aquecidos

O uso de um bom sistema de pisos aquecidos pode trazer muito conforto térmico e deixar os ambientes de sua com casa com temperaturas agradáveis mesmo nos dias mais frios. Apesar de todas as vantagens, é preciso pensar em suas reais necessidades para avaliar a instalação. 

 

Lembre-se que, além dos custos da obra, também haverá aumento de consumo energético. Por isso, vale a pena consultar um profissional que realmente entende do assunto para que ele possa lhe auxiliar nessa decisão.  

 

Até a próxima!

Tags: , ,

WhatsApp chat