Parede drywall: vale a pena utilizar em seu projeto?

parede drywall
Arquitetura 26 de agosto de 2020

Parede drywall: vale a pena utilizar em seu projeto?

Figurando cada vez mais como uma tendência para projetos de interiores, a parede drywall pode ser uma boa alternativa para quem está construindo ou reformando. O drywall é um sistema moderno que permite mudar o desenhos dos ambientes com muito mais praticidade e agilidade, mas será que vale a pena utilizá-lo em seu projeto?

Apesar de estar sendo bastante utilizada para projetos mais simples, é comum que muitas pessoas tenham dúvidas sobre a parede drywall, afinal trata-se de uma técnica mais recente no mercado da arquitetura e construção. Para te ajudar a entender melhor sobre ela, preparamos este artigo com as principais informações que você precisa saber. Confira!

O que é parede drywall?

O termo “drywall” vem da língua inglesa e, traduzido, significa “parede seca”. Trata-se de um sistema de construção de paredes que não precisa de argamassa, tijolos, água e outros materiais comumente usados em obras. Dessa forma, podemos dizer que é uma técnica que substitui a alvenaria convencional. 

O drywall é uma mistura de gesso, água e aditivos colocada entre entre duas chapas de papel acartonado para formar placas sólidas que vão desempenhar as mesmas funções de uma parede. Geralmente, o centro da parede em drywall é oco, sendo destinado apenas para fiação elétrica, sistemas hidráulicos e afins. 

parede drywall

Quais as vantagens da parede drywall?

Em comparação com as paredes de alvenaria tradicional, a parede drywall apresenta algumas vantagens significativas. Saiba quais são elas!

Instalação ágil

O processo de instalação do drywall é considerado bastante ágil e simples. Como não precisa da construção de base como nas paredes de alvenaria, o processo acaba sendo muito mais facilitado. 

Aproveitamento do espaço

Como as paredes de drywall são mais finas, elas acabam permitindo que o espaço seja melhor aproveitado. Assim, são ideais para apartamentos ou casas com ambientes mais reduzidos, já que permitem otimizar os espaços disponíveis sem perder a funcionalidade.

Versatilidade

Além de permitirem o melhor aproveitamento de espaço, o drywall também é considerado bastante versátil, pois pode ser feito com curvas, recortes e outras formas de personalização, além de ser possível revesti-la com diversos tipos de materiais.

Baixo custo

Ao dispensar o uso de diversos materiais em sua composição, esse tipo de parede é capaz de reduzir seus custos significativamente. Além disso, a mão de obra é bem mais barata e, em muitos casos, a parede de drywall pode ser feita no conceito “faça você mesmo”, já que é bem simples e prático.

Sustentabilidade

Como o drywall não demanda o uso de materiais tradicionais de construção, como argamassa, concreto e cimento, é possível que a execução do projeto seja muito mais limpa e sustentável.  

Isolamento térmico e acústico

O uso dos materiais certos permite que as paredes de drywall funcionem como bons isoladores térmicos e acústicos. Em alguns casos, esse tipo de parede pode ser usado com a função corta-fogo ou para a amplificação ou redução do som em um ambiente.

E as desvantagens?

Apesar de possuir diversas vantagens a parede drywall também possui algumas desvantagens. Dentre elas, podemos citar:

Resistência mais baixa

A baixa resistência a impactos e umidade é uma das principais desvantagens. Além disso, o drywall também não é resistente aos agentes de ambientes externos, como vento, chuva e calor, o que limita sua aplicação a ambientes internos.

Decoração comprometida

Pendurar quadros, espelhos ou outros elementos decorativos nas paredes drywall pode ser um problema.  Isso porque você precisará de buchas e parafusos específicos para esse tipo de parede, capazes de suportar o peso de modo adequado.

Em quais ambientes posso instalar a parede drywall?

Se você quer criar divisórias no seu quarto, separar a sala de estar da cozinha ou dividir outros ambientes, a parede drywall é uma boa opção. Contudo, é preciso ficar atento na escolha do tipo de chapada que será utilizado, uma vez que cada chapa é recomendado para diferentes ambientes. Entenda melhor:

  • Branca: a chapa branca ou Standard é a mais recomendada para forros e ambientes secos. Pode ser usada em salas, escritórios, e outros ambientes que precisem de divisão.
  • Rosa: a chapa rosa leva fibra de vidro em sua composição, sendo mais resistente a altas temperaturas e indicada para ambientes internos que pegam sol.
  • Verde: a chapa verde ou RU é resistente à umidade e pode ser utilizada em ambientes úmidos como cozinha e banheiros. Esse tipo de chapa de drywall recebe aditivos e fungicidas que minimizam os impactos da umidade.

parede drywall

Afinal, vale a pena utilizar?

Tudo depende do seu objetivo e do investimento que você está disposto a fazer. Se você deseja fazer uma parede que, além de divisória, terá uma função de sustentação, a melhor opção é recorrer à alvenaria tradicional. 

Por outro lado, se você deseja apenas separar ambientes, mas sem perder a qualidade de acabamento e funcionalidade do espaço, garantir maior isolamento acústico – desde que com os materiais certos -, montar uma estante para TV ou embutir a iluminação sem grandes reformas, as paredes drywall podem ser uma excelente escolha. 

Além disso, ao conhecer as vantagens e desvantagens do uso da parede drywall que citamos acima pode te ajudar a fazer a escolha certa para a construção ou reforma da sua casa. Cabe a você analisar o custo-benefício e decidir o que mais vale a pena!

E lembre-se: por mais que sejam simples de serem feitas, o mais recomendado é contratar um profissional para te orientar no planejamento e execução do projeto. Assim, você evita erros e garante que tudo saia do jeito certo!

Continue nos acompanhando no Facebook e Instagram. Até a próxima!

Tags: , , , ,

WhatsApp chat