Mármore e granito: entenda as principais diferenças entre os materiais

mármore
Decoração, Revestimentos 6 de setembro de 2018

Mármore e granito: entenda as principais diferenças entre os materiais

O mármore e o granito são pedras naturais comumente utilizadas em projetos de arquitetura, sobretudo para o revestimento de pisos e paredes ou acabamento de bancadas. Apesar da semelhança visual, elas possuem composições diferentes que acabam tornando-as únicas em diversos aspectos.

Para que você possa escolher o melhor material para sua obra, é preciso conhecer as particularidades de cada pedra e entender as principais vantagens e diferenciais que elas oferecem. Claro que ambas as pedras podem ser utilizadas, mas optar pelo material mais adequado às suas necessidades pode fazer toda a diferença no projeto final.

Se você ainda tem dúvida se deve utilizar mármore ou granito em sua casa, não se preocupe. A seguir, você conhece um pouco mais sobre essas pedras e passa a entender as principais diferenças entre elas.

Granito

O granito é um dos principais materiais utilizados em acabamentos de obras de construção civil, se destacando pelo aspecto visual e por sua alta resistência e durabilidade. Formado pelo resfriamento do magma derretido, o granito é composto pelos minerais mica, feldspato e quartzo, responsáveis por garantir a resistência e durabilidade do material.

granito

Mármore

De origem metamórfica, o mármore é constituído, principalmente, pelo mineral calcita, mas também apresenta dolomita e outros constituintes menores em sua composição. Normalmente, são formados em locais com intensa atividade vulcânica, apresentando veios bem definidos.

mármore

Quais são as principais diferenças entre mármore e granito?

A principal diferença entre o granito e o mármore é o grau de resistência e porosidade entre eles. Enquanto o primeiro possui alta resistência, evitando o aparecimento de riscos e manchas, o segundo é mais frágil e apresenta um índice de porosidade bem maior, absorvendo mais água e riscando com muito mais facilidade.

Mas não são somente nesses aspectos que os materiais se diferenciam. O granito possui cores mescladas, devido à composição interna dos minerais, além de ter uma aparência luminosa. Já o mármore possui uma coloração uniforme e sem brilho.

Em relação às aplicações, as pedras também são indicadas para diferentes ambientes. Por ser mais resistente, o granito é ideal para áreas externas, pisos com alto fluxo de pessoas e fachadas.

Em bancadas de cozinha, sobretudo, essa pedra é extremamente recomendada, já que é resistente à água, manchas de gordura e outros resíduos que possam se formar no local.

O mármore, por sua vez, deve ser utilizado em ambientes internos, para não sofrer com os efeitos de agentes naturais. Seu uso é muito recomendado em ambientes de baixa circulação de pessoas, revestimentos de paredes, mesas, etc.

A aplicação do mármore em bancadas de cozinha é uma prática comum, mas que deve ser evitada devido à sua baixa resistência e alta porosidade, podendo apresentar riscos e manchas com pouco tempo de uso.

Cores, texturas e acabamentos

Por serem pedras naturais originárias de diversas regiões, tanto o mármore quanto o granito possuem uma gama variada de cores e texturas. O granito pode ser encontrado em tons de branco, preto, azul, amarelo e vermelho, mas como dissemos anteriormente, esse material não possui uniformidade em sua coloração.

O mármore possui uma variação maior de cores e texturas se comparado ao granito, podendo ser encontrado em diferentes tonalidades de cores claras e escuras, apresentando colorações uniformes. Além da variedade de cores e texturas, essas pedras apresentam diferentes tipos de acabamento, adaptando-se às mais diversas necessidades de aplicação.

O granito possui uma ampla variação de acabamentos. São eles:

Polido: indicado para áreas secas e internas, proporciona um aspecto liso e brilhante.

Bruto: material sem acabamento.

Cristalizado: apresenta uma película protetora para pisos.

Lustrado: possui um aspecto opaco e liso, mantendo a cor natural da pedra.

Jateado: feito à base de jatos de areia, confere aspecto opaco e sem brilho.

Resinado: indicado para áreas secas, confere mais brilho à pedra.

Levigado: lixado com abrasivos, possui aspecto rústico e opaco, sendo indicado para áreas internas e externas.

Apicoado: possui propriedades antiderrapantes e um aspecto poroso e uniforme.

Flameado: tratado com maçarico, apresenta aspecto rugoso e áspero.

O mármore também apresenta acabamentos semelhantes. Confira!

Bruto: utilizado com achado na natureza, não possui acabamento.

Jateado: o acabamento é realizado à base de areia, deixando a pedra sem brilho.

Polido: passa pelo processo de lustração, que confere um aspecto liso e brilhante ao material.

Levigado: a utilização de abrasivos neste tipo de acabamento deixa a pedra lisa e opaca.

Cristalizado: possui uma película protetora para pisos.

Resinado: possui aplicação de resina líquida, cobrindo os poros da pedra e aumentando o polimento e brilho do material.

Limpeza e manutenção de mármore e granito

Apesar de o mármore demandar um cuidado maior em relação à limpeza e manutenção, ambas as pedras podem ser higienizadas de forma parecida. Basta utilizar um pano umedecido sobre a superfície do material e secar em seguida.

Deve-se evitar ao máximo o excesso de umidade, principalmente no mármore, já que por ser altamente poroso, a absorção de água pode danificar o material.

Ceras e demais produtos com excesso de química também devem ser evitados para não alterar a qualidade das pedras. No caso do granito, vale a pena apostar em impermeabilizantes ou produtos que recuperem o brilho do material.

Tipos de granito

Os granitos possuem uma ampla variedade de opções no mercado que se diferenciam, basicamente, pela cor e tipo de pigmentação. Conheça os tipos mais comuns!

Amarelo Humaitá

O Amarelo Humaitá possui uma coloração viva e forte, se aproximando da cor dourada. É capaz de garantir acabamentos sofisticados, sendo muito utilizado em mesas e bancadas. No piso, sua utilização deve ser moderado, pois corre-se o risco de poluir visualmente o ambiente.

Amarelo Icaraí

Este tipo de granito é de coloração branco amarelada bastante uniforme. Sua aplicação é muito recomendada para revestir bancadas de cozinhas e banheiros.

Amarelo ornamental

O grande diferencial do granito amarelo ornamental é seu fundo róseo amarelado com alguns pontos castanhos. Por possuir estrutura maciça, baixa porosidade e alta resistência à água, este tipo de granito pode ser utilizado em qualquer ambiente.

Branco Dallas

A vantagem dos granitos brancos é que eles são uma boa pedida para qualquer ambiente, dialogando facilmente com os demais elementos do espaço. No caso do granito Branco Dallas, ele é composto por um fundo mais claro e alguns pontos que variam entre as cores roxo e preto.

Branco Fortaleza

Com fundo branco e pontos cinza e preto, o Branco Fortaleza possui uma aparência bem homogênea, sendo muito utilizado em bancadas de pia, mesas e lavatórios.

Branco Marfim

De fundo claro levemente esverdeado, este tipo de granito apresenta pontos pretos bem distribuídos. Por ser bastante uniforme e claro, o Branco Marfim é capaz de trazer requinte e leveza e sofisticação a ambientes internos.

Azul norueguês

Possui várias cores em sua composição, apresentando grãos azuis, pretos e marrons e um fundo acinzentado. Pode ser usado em ambientes externos e internos, mas sua utilização deve ser bem analisada para que dialogue com os elementos restantes.

Marrom Absoluto

Muito sofisticado e resistente, este tipo de granito é de um tom muito vivo de marrom, proporcionando elegância aos ambientes em que é instalado. Uma boa indicação é aplicá-lo em churrasqueiras e cozinhas americanas.

Preto Absoluto

É o tipo de granito mais escuro que existe e, por isso, sua aplicação deve ser muito bem pensada para não causar um contraste gritante no ambiente. Por outro lado, traz muito requinte e ares de modernidade, tendo seu uso muito recomendado em escadas, banheiros e cozinhas.

Preto São Gabriel

Muito utilizado em revestimentos de bancadas, apresenta fundo preto, granulação média e uma aparência brilhosa. Se combinado com ambientes que possuem elementos na cor branca, pode criar um contraste bastante atrativo visualmente.

banheiro com granito

 

Tipos de mármore

O mármore é uma pedra que possui uma ampla variedade de tipos que se diferenciam, sobretudo, pela cor do produto. Conheça os principais!

Botticino

De cor bege claro e com veios em tons mais escuros, o Botticino é um dos tipos mais antigos de mármore. É originário da Itália e uma curiosidade é que ele é muito usado em obras de arte.

Carrara

Utilizado desde a época renascentista, o mármore carrara é um dos mais conhecidos atualmente. Caracterizado pela cor branca e veios cinza escuro, é recomendada para ambientes internos.

Piguês

Originário na Grécia, o Piguês se assemelha muito ao Carrara, já que também é de cor branca com veios cinzas. A diferença entre eles é que no Piguês, há maior espaçamento entre os veios.

Calacatta

Um dos tipos mais caros de mármore, o Calacatta apresenta coloração branca e veios cinzas e dourados. É um material nobre, sendo muito indicado para revestimento de mobiliários.

Travertino

De origem italiana, o Travertino é um dos mármores mais utilizados em construções e acabamentos. Apresenta coloração bege clara e veios longilíneos.

Crema Marfil

Se você está buscando requinte, o Crema Marfil é uma das opções mais recomendadas. Por possuírem poucos veios em sua superfície, esse tipo de mármore funciona melhor em ambientes que querem passar um ar mais clean e sofisticado. Possui tons de bege e como é um dos mármores mais resistentes, pode ser usado em ambientes internos e externos.

Sivec

Assim como o Crema Marfim, o Sivec possui alta resistência, sendo indicado, também, para ambientes internos e externos. Possui coloração branca com veios acinzentados.

Marrom Imperial

Muito sofisticado, esse tipo de mármore apresenta coloração em tons de marrom escuro e veios nas cores marrom claro e branco.

Branco Thassos

De cor predominantemente branca como o próprio nome diz, o Branco Thassos é ideal para revestimento de pisos e paredes em que o ambiente é clean e com elementos de coloração mais clara.

Nero Marquina

De origem espanhola, é um tipo de mármore muito nobre, ideal para garantir requinte aos ambientes em que é instalado. Possui coloração preta e veios brancos de grande destaque.

banheiro com mármore

 

Independente de suas particularidades, ambos os materiais são capazes de agregar valor à obra e trazer sofisticação e modernidade nos ambientes em que são instalados. A escolha mais adequada vai depender das suas reais necessidades e do local onde as pedras serão utilizadas.

 

Se você ainda estiver com dúvidas, não hesite em procurar um arquiteto. Este é o profissional mais recomendado para elaborar projetos de qualidade e que realmente irão satisfazer seus desejos e necessidades.

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe em suas redes sociais. E não deixe de nos seguir no Facebook e Instagram para ficar por dentro de nossas novidades.

 

WhatsApp chat