Conheça os tipos de arquitetura mais comuns para ambientes interiores

Arquitetura 16 de setembro de 2020

Conheça os tipos de arquitetura mais comuns para ambientes interiores

No projeto de reforma ou construção de casas e apartamentos, a definição do estilo arquitetônico é um dos passos iniciais para garantir que o resultado fique atrativo visualmente e proporcione funcionalidade aos ambientes. Como existem diversos tipos de arquitetura, conhecer cada um deles é fundamental para que você possa deixar o projeto com a sua cara.

É importante que a escolha sempre seja reflexo dos seus gostos e personalidades, afinal não tem nada melhor do que nos sentirmos verdadeiramente em casa, não é mesmo? Mas não se esqueça de contar com ajuda profissional: o arquiteto é quem deve adaptar o estilo definido à realidade da estrutura para garantir o sucesso do projeto do ponto de vista técnico e funcional.

Mas afinal, quais são os tipos de arquitetura? Neste artigo, nós vamos apresentar 7 estilos bastante comuns e com poder de transformar totalmente os ambientes. Confira!

1. Clássico

O estilo clássico é marcado pela referência aos grandes palacetes reais que reuniam muito luxo nos ambientes interiores. Esse estilo é inconfundível pelas linhas elegantes, ornamentos rebuscados e simetria harmoniosa entre mobília imponente, peças e materiais nobres.

A madeira nobre em tons escuros é predominante nos móveis, enquanto o mármore branco é o revestimento mais comum para pisos e bancadas. Com muita imponência e requinte, o estilo clássico exige espaços mais amplos para garantir uma boa composição, mas pode ser adaptado a espaços mais reduzidos, afinal o clássico nunca sai de moda, certo? 

tipos de arquitetura

2. Minimalista

Grande tendência do momento atual, o estilo minimalista é marcado por ambientes clean, ou seja, com poucos móveis e elementos decorativos, já que o grande propósito é trazer mais funcionalidade ao espaço. 

Madeira, porcelanato e cimento queimado são materiais bastante utilizado em ambientes minimalistas. As cores são claras, ajudando a favorecer a iluminação natural e criando a sensação de amplitude, sempre com o lema de que “menos é mais”. Portanto, se você deseja um design mais chamativo e mais vivo, talvez seja melhor optar por outro tipo de arquitetura.

tipos de arquitetura

3. Contemporâneo

Diferente do estilo clássico que remete à construções mais antigas, o estilo contemporâneo acompanha o período atual em que vivemos. Esse é um dos tipos de arquitetura que priorizam a relação entre estética e funcionalidade, trazendo elegância e sofisticação sem deixar o conforto e a praticidade de lado.

Geralmente, o mobiliário é mais baixo ou rente ao chão e apresenta predominância de formas geométricas, linhas e elementos neutros. As superfícies são compostas por materiais lisos como vidro, cimento queimado, inox, pedra polida e madeira. As cores são mais claras, mas criam um interessante contraste com elementos decorativos, como tapetes, persianas, almofadas e objetos de cores vibrantes.

tipos de arquitetura

4. High tech

O estilo high tech é um dos tipos de arquitetura ideal para quem é ligado em tecnologia e deseja criar ambientes mais modernos. Esse estilo utiliza a alta tecnologia para criar o ambiente, trazendo a robótica, a automação e o reaproveitamento energético para dentro de casa.

O high tech é muito utilizado em construções comerciais e corporativas, mas nada impede que você o utilize em seu projeto residencial. A proposta é criar um ambiente mais clean, assim como o estilo contemporâneo, mas com muito mais praticidade, como a opção de controlar o som e a iluminação pelo smartphone, criar um holograma de lareira, por exemplo, além de trazer elementos decorativos mais futuristas.

tipos de arquitetura

5. Industrial

Esse estilo remonta aos lofts de Nova York na década de 1950, período em que galpões começaram a ser usados como local de moradia. Não há grande diferença entre a construção e a decoração, já que elas se fundem para criar ambientes que valorizam o pé-direito, o uso aparente de tijolos, concreto, cimento queimado, tubulações aparentes e luminárias industriais.

Para trazer mais aconchego e quebrar a sensação de frieza, as cores quentes e móveis bastante confortáveis também compõem o ambiente. Apesar de estarmos falando sobre ambientes interiores, o estilo industrial também é uma ótima escolha para varandas e espaços externos.

tipos de arquitetura

6. Rústico

Mais um dos tipos de arquitetura, o estilo rústico traz naturalidade e aconchego aos ambientes. Inspirados em casas de campo, utiliza madeira nos móveis e, em alguns casos, no revestimento do piso, enquanto as paredes são pintadas ou revestidas em pedra e tijolos cerâmicos aparentes. 

A paleta de cores abrange tons mais claros que contrastam com o restante da decoração. Esta é composta por quadros de paisagens, espelhos emoldurados, louças, artesanatos e outros itens que trazem um toque familiar. Assim, a grande proposta do estilo rústico é criar uma organização informal, mas ao mesmo tempo aconchegante.

tipos de arquitetura

7. Retrô

O estilo retrô objetiva traz a ideia de criar uma releitura do passado. São exploradas cores neutras e vibrantes tanto em móveis quanto em elementos decorativos, que por sua vez contam com aparência e características mais antigas, mas com tecnologia atual em muitos casos.

Os ambientes retrôs são bastante funcionais, mas geralmente ficam restritos a um único cômodo. Por isso, é bastante comum combiná-lo com outros tipos de arquitetura para criar um projeto mais diferenciado e atrativo.

tipos de arquitetura

Quer conferir mais dicas como essas? Acompanhe-nos no Facebook e Instagram para ficar por dentro dos principais assuntos sobre arquitetura, decoração, revestimentos e muito mais.  

Tags: , ,

WhatsApp chat